sábado, 6 de junho de 2009

Perdão



De repente, o peso se desintegrou nas suas palavras
O que carregava os nossos olhares desapareceu
E o nosso presente do passado se desvinculou

No final do dia, os grilhões se quebraram
O cinismo se revelou ateu
E o pensamento permeiou a consciência

Os pontos incongruentes entraram em um acordo
Não entenderam a razão
Fecharam os olhos e foram tomar uma xícara de café.
Por enquanto, apenas uma xícara de café.

Texto e foto: André Katayama

7 comentários:

  1. pois é.

    e o nosso presente do passado se desvinculou.


    a frase que eu precisava!

    ResponderExcluir
  2. esse fico mto da hora preto
    tava inspiradissimo heim

    ps: chácara com ch xD

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o texto e a foto...
    =]
    Alias, você não me conhece, só pra constar... te achei quando estava procurando sobre um texto da Marilena Chauí. Obrigada, o texto tem me ajudado bastante!

    ResponderExcluir